Reabilitação do Parque Habitacional | 2001-2011

Entre 2001 e 2011 registou-se uma diminuição de 36,0% no número de edifícios muito degradados e de 40,4% no número de edifícios com necessidade de grandes reparações (que correspondeu a uma diminuição de 1,3 p.p. e 2,4 p.p. no respetivo peso face ao total), evidenciando uma redução do edificado em mau estado de conservação, também devido ao aumento de 12,2% do número de edifícios clássicos.

Edifícios com 3 ou mais alojamentos encontravam-se em melhores condições de conservação em 2011; entre os edifícios com 1 ou 2 alojamentos, os isolados revelavam um melhor estado de conservação.

Os edifícios exclusivamente residenciais estavam melhor conservados que as restantes tipologias de ocupação.

As regiões de Grande Lisboa, Tâmega e Algarve registaram o maior número de obras de reabilitação licenciadas entre 2001 e 2011.

PDF

Fonte INE

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s