Hotelaria | Maio 2011

Os números revelados pelo Hotel Monitor, da AHP, não deixam margem para dúvidas: Maio foi um bom mês para a hotelaria portuguesa que registou evoluções positivas nos vários indicadores.

Face ao mesmo mês de 2010, o preço médio por quarto ocupado aumentou 0,45%; o preço médio por quarto disponível 7,69%; e a taxa de ocupação 7,25%.

A receita média por turista no hotel foi de 108 euros, uma variação positiva de 3,85%, e a estada média foi de 1,9 dias, mais 2,7%, em comparação com o mesmo mês de 2010. A receita total por quarto disponível (TREVPAR) situou-se nos 65,56 euros, um acréscimo de 3,47%.

Relativamente à taxa de ocupação quarto, “verificou-se uma subida em todas as categorias excepto nas 2 estrelas e destacando-se as unidades de 5 estrelas, que contribuiriam com um aumento de 21,95% em comparação com Maio de 2010”.

Entre Janeiro e Maio do presente ano, face a igual período anterior, um aumento de 0,02% no preço médio por quarto ocupado e de 1,85% na taxa de ocupação-quarto.

No acumulado destes cinco meses, o REVPAR teve uma evolução de 1,86% face ao mesmo período do ano passado.

Neste período, a receita média por turista no hotel por mês aumentou 3,03% atingindo o valor de 102 euros. A estada média foi de 1,86 dias, o correspondente a uma variação positiva de 1,09%. A receita total por quarto disponível (TREVPAR) foi de 47,25 euros, mais 1,03%.

“De acordo com os dados do módulo comercial do Hotel Monitor, de Janeiro a Maio de 2011 os Hóspedes e as dormidas Nacionais apenas representam 39,2% e 29,5% respectivamente”, diz a análise da AHP, acrescentando que “relativamente ao número de dormidas internacionais, nos primeiros cinco meses do ano, a liderança coube ao Reino Unido (17,1%), seguidos dos mercados Alemão (11,85%), Países Baixos (10,32%) e Espanhol (7,12%).”

O lazer, recreio e férias mantém-se como a principal motivação das dormidas com 80,05% nos primeiros cinco meses de 2011.

A AHP acrescenta ainda que, nos primeiros cinco meses de 2011, “as agências de viagens e Tour Operator continuam a ser o principal canal de distribuição de dormidas nos Hotéis Nacionais. No entanto, tem-se assistido a um aumento dos Travel websites tendo contribuído com 12,58% das reservas de Janeiro a Maio de 2010 e actualmente com 17,40%.”

Fonte Publituris

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s